Skip to content

Emagrecer antes do casamento

Bridorexia. Fique com este nome, pois, embora a OMS não o reconhece como uma doença, basta consultar o termo no Google para confirmar sua existência. A bridorexia é um neologismo cunhado para definir a obsessão má de algumas noivas por emagrecer de um modo extremo. Um estudo publicado no TheKnot.com e WeddingChannel.com revela que cerca de 1,7 milhões de noivas americanas tentam perder de 5 a 10 quilos antes do dia de seu casamento.

Devemos ressaltar que o fato de querer emagrecer alguns quilos para o dia do casamento NÃO é uma atitude má. “Desde sempre, ou, pelo menos, desde há muito tempo, a mulher quer ficar linda no dia de seu casamento, já que será o centro de olhares, e, para isso, seguir os ditames da moda; e se a moda é ser magro, pois assim o quer ela. Além disso, ser ‘gordinho’ não só não é estético, mas que não é saudável. Eu acho que é uma atitude absolutamente normal”, afirma Maria Dolores Saavedra, endócrina, especialista em genética médica e pesquisadora no serviço de Endocrinologia do Hospital Gregorio Marañón, com o que falamos para saber o que há de verdade sobre a bridorexia. “Para mim não existe esse distúrbio e não acho que nenhum médico pode considerar como tal”, vala, a especialista.

Bridorexia, um termo cunhado na imprensa

A primeira vez que a palavra bridorexia apareceu na imprensa foi em maio de 2008, na sequência do caso de Charlotte Buckley, uma britânica de 22 anos que, obcecada com a perder quilos para o dia de seu casamento, manteve durante meses uma dieta de 500 calorias diárias. “A obsessão pelo meu casamento esteve a ponto de me matar”, declarou, então, Charlotte ‘The Daily Mail’. “Eu sabia que estava me machucando, mas cada vez que perdia um quilo, eu me sentia melhor. Chegou a ser como uma droga, porque eu sabia que assim, o dia do meu casamento, tudo seriam elogios para mim”.

Kate Middleton e Kim Kardashian

Charlotte Buckley foi a primeira mas não a única mulher a quem a imprensa lhe pendurou o cartaz de ‘bridorexia’. Os rumores por essa obsessão má para estar magra no dia do casamento também rondaron a algumas celebridades, como Kate Middleton e Kim Kardashian. Com 1,77 metros de altura, a mulher do príncipe William, caiu para 45 quilos para seu casamento. Quando em visita oficial à Irlanda, sendo ainda prometida, alguém lhe disse que não perdesse nem um quilo a mais, Kate respondeu: “faz parte do plano”. Por sua parte, Kim Kardashian foi submetida a um regime muito rigoroso de exercícios e uma dieta de 1.200 calorias diárias para estar perfeita no dia do seu casamento com o jogador de basquete Kris Humpries.

O IMC e a gordura corporal fixam os limites

Querer ser bonita no dia do casamento é algo natural. Mas onde estão os limites? “A OMS e todos os comitês internacionais tem muito presente os limites tanto do peso, do IMC e do % de gordura corporal, que são saudáveis, e dependem da idade e constituição física da mulher, mas esses limites os conhecemos todos os médicos e nunca deixamos que nossos pacientes sejam superiores”, esclarece a doutora Maria Dolores Saavedra.

A melhor dieta prévia ao altar: água, frutas e nada de fritos

As dicas para estar bem no dia do casamento, de acordo com a especialista em nutrigenética do Hospital Gregorio Marañón de Madri, passam sempre por ter uma alimentação saudável e equilibrada, beber muita água e tomar muita fruta e legumes. Mesmo assim, há que evitar alimentos fritos, rehogados, rebozados ou empanados, bem como maionese e molhos, charcutaria e queijos gordos.

A doutora Saavedra insiste em se manter hábitos saudáveis, tanto as que têm tendência genética como as que não, se beneficiarão de manter um peso estável e normal, o que lhes permitirá ter uma melhor qualidade de vida e a vivê-la mais anos, já que está super demonstrado que o excesso de peso e a obesidade estão associados e favorecem outras doenças que encurtam a vida e diminuem a sua qualidade. “Por isso, com ou sem casamento, devemos lutar, sem obsessões por uma alimentação saudável, pois já dizia Aristóteles: somos o que comemos”.

Fonte:

Entrevista com a dra. Mª Dores Saavedra, Pesquisadora do Serviço de Endocrinologia do Hospital Geral Universitário Gregorio Marañón (Madrid). www.doloressaavedra.com

Emagrecer antes do casamento
Vote agora